quinta-feira, setembro 20, 2007

(Mais) palavras para quê? O PS é dono da verdade

O PS voltou hoje a aprovar sozinho o novo Estatuto dos Jornalistas, depois de ter alterado/retocado as três matérias que estiveram na base do veto do Presidente da República. PSD, CDS-PP, PCP, Bloco de Esquerda e Partido Ecologista "Os Verdes" repetiram o voto contra o diploma - tal como na votação do texto original - considerando "insuficientes" as alterações introduzidas pela maioria. Uma vez que o decreto foi aprovado pelo grupo parlamentar do PS (121 deputados), mais do que a maioria dos deputados em efectividade dos funções, o Presidente da República terá de promulgá-lo, não sendo possível um novo veto. Todas as propostas de alteração ao Estatuto apresentadas pelo PCP e pelo Bloco de Esquerda foram rejeitadas.

3 comentários:

ELCAlmeida disse...

Mas para alguma coisa serve o pedido de Constitucionalidade e não são necessários tantos deputados. E até um grupo de cidadãos o pode fazer.
Kdd
EA

fino disse...

Nos Noventa e Cinco anos da tua Cidade, aquele abraço

Albino Luciano T. Silva disse...

Na verdade o novo estatuto dos jornalista foi aprovado pela maioria parlamentar do partido socialista contra os desígnios do sindicato dos jornalistas.Como não sou jornalista gostaria saber o que, realmente, está em jogo (no documento ora aprovado) uma vez que existe corporativismo em qualquer classe profissional e intenção de instrumentalização da comunicação social em muitas "democracias".De que lado o cidadão (o consumidor da informação) deve posicionar?