quarta-feira, setembro 26, 2007

Portugal oferece fardas à Guiné-Bissau

O Exército português entregou hoje às Forças Armadas da Guiné-Bissau três mil fardas e material didáctico de transmissões orçado em cerca de 30 mil euros. "É um material que vai ser de grande utilidade para as Forças Armadas da Guiné-Bissau, disse o embaixador de Portugal, José Manuel Paes Moreira, durante a cerimónia, que decorreu em Bissau na Cooperação Técnico-Militar portuguesa. Ainda bem que a oferta não foi da Câmara Municipal do Porto, evitando-se assim o risco de, como aconteceu com o camião oferecido à cidade da Beira, em Moçambique, o “equipamento” ter 25 anos de uso…

2 comentários:

ELCAlmeida disse...

... Tens a certeza????
Se para as coisas novas não se apresenta qualquer membro ministeriável nem oficial como podes jurar que a presença de um diplomata não "esbranqueia" o "velho"?...
Kdd
EA

José Martins disse...

Até vão ser de grande utilidade!
Hó se vão as fardas!
Bem melhor que a roupa de fardo que há uns anos as instituições de caridade enviavam para ali .
Alguns gajos sacavam a melhor enfarpelavam-se e depois diziam: fui o meu tio da América que ma enviou!