sexta-feira, outubro 26, 2007

Eu, africano branco, sou geneticamente inferior
aos filhos de mães incertas nascidos nos EUA

Diz a última edição da revista portuguesa "Sábado" que a besta quadrada que dá pelo nome de James D. Watson, Nobel da Medicina em 1962, não terá dito que os negros eram menos inteligentes do que os brancos mas, antes, "que os africanos são geneticamente inferiores". A ser verdade o que a revista diz, fico mais descansado. É que, afinal, há africanos brancos e negros. Eu sou, com orgulho, um dos africanos "geneticamente inferior" aos filhos de mães incertas nascidos na terra do "geneticamente superior" James D. Watson.

1 comentário:

Marcelo disse...

Yankees são ignorantes mesmo.
Para eles existe somente a "América" (que na verdade nem país é, e sim um continente) e o resto do mundo.
Acostume-se.