quinta-feira, Março 15, 2007

De jornalista a administrador da Fundação EDP
- Digam lá que não vale a pena perder a coluna?

Sérgio Figueiredo, para além de ser um jornalista sério, também parecia sê-lo. Será que hoje, ao acumular o jornalismo com a administração da Fundação EDP, mantém intactas essas qualidades? Não creio. Mas, reconheço, ser sério não é coisa que preocupe (muito) os jornalistas e, muito menos, o parecerem ser sérios.

Por alguma razão são cada vez mais os jornalistas que sabem que é sempre possível ter um cartão do partido no meio de tantos outros, mesmo que a validade seja curta. É que, se não for nos jornais, haverá sempre um lugar como assessor ou administrador.

Recompensa pelos serviços prestados? Não sei. Mas pelos serviços não prestados não será com certeza.

Como diz Inês Pedrosa, "temos cada vez mais jornalistas que saltam das redacções para se tornarem criados de luxo do poder vigente".E, é claro, depois dessa rodagem há sempre a possibilidade de ver criados saltarem do poder vigente, seja ele socialistas ou social-democrata, para serem sobas nos jornais.

Diga-se, contudo, que no caso de Sérgio Figueiredo ele próprio explica, tem explicado nos últimos tempos, a razão porque foi escolhido para administrador da Fundação EDP.

Hoje, na Visão, o jornalista escreve que “estes dois anos revelaram o Governo (português) mais reformista dos últimos dez anos.”, acrescentando – para que não restem dúvidas – que “há muito que o país não era confrontado, em tão pouco tempo, com tantas reformas, decisões e intenções”.

Boa Sérgio. Tens futuro na Administração da Fundação EDP, como em qualquer outra.

7 comentários:

ELCAlmeida disse...

E de que é que o meu amigo está à espera?
Kdd
EA

Anónimo disse...

deixem lá o desgraçado do puto sérgio que tem quatro filhos para criar (como administradores futuros...) e uma sósia que não faz nenhum.

Anónimo disse...

bem, isto está bonito, está. e já agora resta saber a quem é que ele anda a lamber o rabinho...que isto de passar de jornalista a administrador não acontece a todos, como sabemos. é precisa muita manteiga se é que me entendem.

Anónimo disse...

e consta por aí que já se anda a encavalitar em alguns nomes para ir para a rtp. imaginem os almoços que o mexia anda a pagar por conta...e sem saber! ou é ele que lança os boatos para que se fale dele??? agora vou para aqui, agora vou para ali, agora vou para acolá. é o estilo do menino. tem sempre imensos empregos na manga porque ele é muito bom. é muito procurado este sérgio! para quando a banca? até admira não se ouvir falar disso. ou esse boato é mais difícil de arrancar?

invejoso disse...

nem sou blogista nem sei como vim aqui parar mas conheço a espécie.o maior poliglota da nossa praça, não é? ninguém o bate. mas isso sou eu que sou invejoso.

mais invejoso ainda disse...

inveja tenho eu mas por causa da :):):)(?) com quem andou uma data de anos. andou, porque pelo k sei ela já o mandou às urtigas. mas não foi para ficar comigo. que pena.

malingua disse...

é aquela gira do carro curtido? invejoso!!!é coxinho, é coxinho mas já tem mais pezinhos que eu na RTP? agora é um concurso. deve ser para rir. ou lhe pagam muito bem ou é o meio para atingir os fins. um assento efectivo na televisão pública. enfim, quem sabe, sabe, quem pode, pode.