segunda-feira, dezembro 21, 2009

«Não chores por mim Angola»

Feliciano J. R. Cangüe é autor do blogue Hukalilile (Don't cry for me Angola). Professor e engenheiro de profissão, divide o seu tempo entre Angola e o Brasil.

“Achei que Angola poderia chorar por mim se o seu filho fugisse à luta”, diz numa excelente entrevista à jornalista Clara Onofre da Global Voices, reproduzida também no Notícias Lusófonas.

Quando solicitado a apontar um ou dois blogues formadores de opinião, Feliciano J. R. Cangüe disse: “Posso apontar três blogues angolanos: Pululu, Morro da Maianga e Alto Hama”.

O que acha da blogosfera angolana? Os angolanos fazem uso dos blogues como armas de contestação? Considera-os activos?, perguntou a jornalista Clara Onofre.

Eis a resposta: “Na prática vemos poucos blogues com extintores em acção, no epicentro do fogo como é o caso do blogue Alto Hama. Alguns testam e outros apreciam a beleza dos extintores.”


Ver:
http://cangue.blogspot.com
http://www.noticiaslusofonas.com/view.php?load=arcview&article=24963&catogory=Entrevistahttp://pt.globalvoicesonline.org/2009/12/21/angola-entrevista-com-feliciano-cangue-do-blogue-hukalilile

1 comentário:

Feliciano J.R.Cangüe disse...

Quero parabenizá-lo por ser um incansável filho que não foge à luta: " corajoso em dizer verdade "doa a quem doer".

Quero também agradecer ao destaque que a entrevista mereceu neste espaço.

Quero aproveitar informar-lhe que sou um leitor assíduo e admirador deste blog.

Termino desejando-lhe votos de festas felizes. Ano novo próspero, bem Alto Hama.