quarta-feira, janeiro 27, 2010

Obrigado Câmara Municipal do Porto

A eficiência, competência e outras “iências” de Portugal é algo que me comove e que, apesar de tudo, me faz acreditar que este país está cada vez próximo dos países do norte... de África.

Dois meses e meio depois de ter enviado, como candidatura espontânea, o meu curriculum para diversas entidades, entre as quais a Câmara Municipal do Porto, recebo desta a mensagem aqui apresentada.

Ou seja, faço a candidatura como jornalista e a resposta diz-me “que neste momento não está aberto qualquer processo de selecção compatível com a sua área de habilitações (Licenciatura em História)”.

Ainda bem que os doutos técnicos camarários não leram todo o curriculum. Se o tivessem feito estariam agora a dizer-me a mesma coisa, mas em relação a qualquer outra referência que lá venha, do tipo ter o curso de taxidermia.

4 comentários:

Fada do bosque disse...

eheehehehehehee e quem é que o Orlando quer empalhar?? eheheheheheheh

Anónimo disse...

eu gostaria de conhecer as fronteiras

para poder desenvolver ainda mais

este meu instinto de contrabandista

da fraternidade e da dignidade.

mas eu já não conheço as fronteiras

e um dia destes arrisco-me a ser preso

na minha própria nação

pelos guardas fiscais da contradição.

Jose Filipe Rodrigues

Camilo disse...

Assim vai este "país", Orlando...
Ó-i-ó-ai...

Fada do bosque disse...

Decidi que iria tirar um curso de taxidermia nas novas opurtunidades e depois fazemos equipa para empalharmos as figuras da política no activo... não teríamos mãos a medir, nem fim de trabalho à vista... era sempre a aviar!... eheheheehehehheh