domingo, outubro 25, 2009

Em má companhia mas por uma boa causa

O Club-K achou por bem reproduzir o meu texto «O Governo do MPLA instalou o medo e a repressão em Angola». Para o ilustrar fez a montagem que aqui apresento. Com a excepção de Isaías Samakuva estou muito mal acompanhado.

O Club-k tem dado, e já não é a primeira vez que o digo, um importante contributo para o debate de ideias sobre Angola. Independentemente de discordar (e de o ter escrito) de algumas das suas opções editoriais, nomeadamente a de permitir que analfabetos puros ou funcionais ofendam a torto e a direito nos comentários, reconheço que Angola deve muito a este espaço.

O Alto Hama tem merecido de quando em vez honras de transcrição e, é claro, a ser ofendido pelos imberbes símios que proliferam nos comentários a coberto do anonimato.

Este tipo de tratamento da imagem é uma feliz estratégia embora nem sempre agrade a quem lá aparece. É, hoje, novamente o meu caso.

Aliás, num anterior exemplo a propósito do texto «
Porra! Chega de tanta bajulação ao capataz Eduardo dos Santos» apareci junto do primeiro-ministro que trata os portugueses de segunda (todos aqueles que não são do PS) abaixo de cães (não, como é óbvio, os do ministro Kundi Paihama) e com um presidente que ainda faz pior aos angolanos (Estou tão mal acompanhado, não estou?).

4 comentários:

Calcinhas de Luanda disse...

Isto é o que se chama um presente envenenado.
Eh! Eh! Eh!

Fada do bosque disse...

Pode crer Orlando... não merecia tal companhia!... como diz Calcinhas de Luanda, que presente envenenedo... :)).
Mas o melhor deste texto, é a forma como desanca os cobardes dos anónimos! ahahhahahahahahaha

Fino disse...

Não meu caro...

Não és tu que estás mal acompanhado. Os outros é que não merecem estar em tão distinta companhia

Kandus

Jaime disse...

O problema não é o Amigo Orlando estar mal acompanhado, porque infelizmente todos nós estamos mal acompanhados com a existência dos símios que rodeiam e espartilham o bem estar e o futuro de todos nós. O problema Amigo Orlando, é estarmos condenados a viver com essa corja. Felizmente ainda há quem lhes aponte o dedo e denuncie. Força, Jornalista. Não desista,Amigo Orlando. A honra, a liberdade e a coragem, têm custos muito elevados. E é isso que eles, os símios de cara tapada ou destapada, não entendem, porque já nasceram vermes à volta dos excrementos nauseabundos do Poder.