sexta-feira, outubro 30, 2009

Sindicato dos Jornalistas e Pedro Murias (II)

Sobre este assunto escrevi meia dúzia de linhas que, tanto quanto (trans)parece, terão – como afinal tudo na vida – (des)agradado a uns tantos.

Importa, contudo, esclarecer o seguinte: As minhas críticas referem-se à posição do Sindicato em relação ao caso concreto, específico, do Pedro Murias e não aos despedimentos no Rádio Clube Português.

Procurei no site oficial do SJ e nada encontrei sobre este colega. Isso signfica que o Sindicato nada fez? Se calhar não. Mas significa, necessariamente, que o que fez não é público. E é a esta vertente que aludo, porque só a ela posso e devo ter acesso.

Acredito, ainda, que a nível privado ou particular o SJ possa estar a fazer tudo para ajudar o Pedro Murias, desde logo porque sei (até por experiência própria) o elevado padrão de solidariedade que caracteriza a actual Direcção do Sindicato.

Apesar de tudo isto, gostava de conhecer uma posição pública do SJ sobre o caso do Pedro. Não a conheço. Se alguém a conhecer, por favor diga-me. Não terei problemas em pedir desculpas (com a corda ao pescoço) ao SJ se for o caso. Até lá, continuo a criticar o silêncio do Sindicato.

A tudo isto acresce que, como é óbvio, o direito de resposta é sagrado aqui no Alto Hama. Se o SJ o quiser utilizar... força.

Nota: para ver a posição do SJ sobre os despedimentos consultem:

3 comentários:

Pedro disse...

Caro Orlando

Agradeço o apoio! Mais ainda,informo queo Sindicato dos Jornalistas já me ofereceu toda a a ajuda que eu precisar!
Um abraço
Pedro Beça Múrias

Pedro disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
SOFIA PAÇO disse...

'Esta mensagem foi removida por um administrador do blogue.'
CENSURA num blog destes?

Abraço,
Sofia