segunda-feira, agosto 24, 2009

Como aqui se tem dito e redito...

O presidente do Instituto Sá Carneiro, Alexandre Relvas, acusou hoje o Governo português de promover o controlo económico dos órgãos de informação, por "grupos que lhe poderão garantir uma comunicação favorável". Novidade? Só para quem não lê o que aqui no Alto Hama (e não só) se anda a dizer há anos.

"São sistemáticas as tentativas de limitar a liberdade de informação, resultantes de decisões da entidade reguladora, da política de propaganda do Governo, ou da promoção também pelo Governo do controlo económico dos órgãos de informação, por grupos que lhe poderão garantir uma comunicação favorável", afirmou Alexandre Relvas, numa intervenção na abertura da VII Universidade de Verão do PSD, que decorre em Castelo de Vide até domingo.

Novidade? Só para quem não lê o que aqui no Alto Hama (e não só) se anda a dizer há anos.

Num discurso onde deixou alguns conselhos aos jovens, nomeadamente para não dependerem da política e a terem "vida e profissão", porque só desta forma não terão dependências ou de lutar por lugares, Alexandre Relvas falou também da necessidade de respeito absoluto da liberdade e dos valores do Estado de Direito.

"No nosso tempo, por exemplo, a liberdade de expressão e informação é uma questão decisiva a que não podemos deixar de estar atentos", alertou.

Pos é. Ainda ontem e talvez pela centésima vez, aqui escrevi o que se segue:

O Governo de José Sócrates conseguiu numa só legislatura e sem grande esforço (em muitos casos apenas por um prato de lentilhas), fazer de grande parte da “imprensa o tapete do poder”.

O Governo de José Sócrates conseguiu numa só legislatura e sem grande esforço (em muitos casos apenas por um prato de lentilhas), transformar jornalistas em “criados de luxo do poder vigente".

O Governo de José Sócrates conseguiu numa só legislatura e sem grande esforço (em muitos casos apenas por um prato de lentilhas), convencer os mais cépticos de que mais vale ser um propagandista da banha da cobra do PS, mas de barriga cheia, do que um ilustre Jornalista com ela vazia.

O Governo de José Sócrates conseguiu numa só legislatura e sem grande esforço (em muitos casos apenas por um prato de lentilhas), convencer os jornalistas que devem pensar apenas com a cabeça... do chefe (socialista, obviamente).

O Governo de José Sócrates conseguiu numa só legislatura e sem grande esforço (em muitos casos apenas por um prato de lentilhas), mostrar aos Jornalistas que ter um cartão do PS é mais do que meio caminho andado para ser chefe, director ou até administrador.

1 comentário:

Fada do bosque disse...

Tiro em cheio, outra vez, meu caro Orlando! Só quem for cego, surdo e mudo, é que poderá não saber...
Mas olhe que, nem por um prato de lentilhas foi...
Abraço