segunda-feira, agosto 17, 2009

Gripe A soma e segue em Portugal

Nos últimos 13 dias, afirma o Público, foram confirmados em Portugal mais casos de gripe A (H1N1) do que em três meses. Os números de Agosto revelam a existência de 593 novas infecções, quando no total de Julho, Junho e Maio foram apenas 291. A este ritmo, os mil casos são esperados já este fim-de-semana.

Quais serão os critérios para usar a vacina na União Europeia?

Foi efectuada uma proposta à Comissão Europeia para que seja criada uma estratégia comum de vacinação para que os mesmos grupos de risco sejam vacinados em todos os países europeus. Estes critérios devem também aplicar-se aos preços para a compra de doses das vacinas. Também será necessário criar uma estratégia de compra com os laboratórios, de modo a garantir que a disponibilidade das vacinas se produza ao mesmo tempo e de modo equitativo em todos os países.

Quais são os grupos de risco?

As crianças menores de dois anos, as pessoas que têm algum tipo de patologias - problemas cardíacos, diabetes ou problemas respiratórios e as grávidas. É no entanto necessário continuar a fazer estudos, já que este novo vírus afecta especialmente os jovens.Os especialistas estimam que o número de casos da gripe A irá aumentar fortemente no Outono, estimando que 25% da população portuguesa seja atingido pelo vírus nessa altura.

Recorde-se que o bastonário da ordem dos Médicos portugueses desvaloriza o impacto da Gripe A. Em entrevista ao «24 Horas», Pedro Nunes deixa uma frase forte: «Não há motivo nenhum para este granel que está instalado».

A explicação é simples. «Nos últimos anos já assistimos ao SARS e depois tivemos a gripe das aves. Gastaram-se milhões em medicamentos que não se sabia se iriam funcionar. Esta [gripe] veio na altura certa porque estavam quase a terminar de prazo. Vamos ver se não servirá para renovar os stocks e gastarmos mais uns milhões para se ter stock por mais cinco anos», refere o bastonário, considerando que o Serviço Nacional de Saúde está «preparado» para este surto.

1 comentário:

Fada do bosque disse...

É o que eu digo... estão dispostos, todos os Lobbies, desde a Banca à Farmacêutica, a tornar Portugal um país de mendigos, para que os ricos tenham tudo e mais alguma coisa. É que se os recursos do Planeta acabarem, estão com tudo açambarcado para muitos anos. Penso ser uma experiência, pois se pegar, fazem o mesmo nos outros Países. 1º começa-se pelo País dos cordeirinhos e depois logo se verá! É como a lei anti tabágica... Adere tudo!
Ainda vamos com sorte, se a nova vacina, para a inexistente gripe AH1N1, não for um veneno para liquidar população a mais, a médio prazo...
É que o Planeta não aguenta muito tempo, com tanta gente e ao mesmo tempo com a ganância dos grandes...