terça-feira, setembro 01, 2009

Se posso viver sem Zon? É claro que sim!
(- Esclarecimento aos leitores cá da casa)

Não. Não é a veia inspiradora que está entupida. Têm aparecido aqui na casa menos textos porque, embora recebendo todos os meses, a Zon TvCabo (empresa do reino lusitano) resolveu considerar-me (se fosse só a mim...) como um cliente do Burkina Faso.

A Zon Multimédia diz que é um grupo empresarial com mais de 1,5 milhões de clientes, prevendo que mais de 2,8 milhões de casas terão até ao final de 2009 acesso a rede de nova geração – fibra óptica.

Se calhar é verdade. Tal como é verdade que tenho passado dias e dias sem acesso à Internet e sem telefone fixo.

A Zon fornece, segundo diz, serviços de telecomunicações e entretenimento através de diversas infra-estruturas, nomeadamente a maior rede de fibra óptica existente no país (mais de 14 mil km), uma plataforma de rede satélite digital e 213 salas de cinema.

Se calhar é verdade. Tal como é verdade que tenho passado dias e dias sem acesso à Internet e sem telefone fixo.

A Zon Multimédia integra, afirma, o principal índice bolsista nacional, o PSI-20, liderando o mercado de Pay TV em Portugal. À escala nacional, é também líder no mercado de exibição cinematográfica e o segundo maior Internet Provider.

Se calhar é verdade. Tal como é verdade que tenho passado dias e dias sem acesso à Internet e sem telefone fixo.

A marca Zon pretende, diz, criar uma imagem clara e única da sua oferta de serviços fornecidos pela empresa, associando-se a marcas já existentes: Zon TVCabo, ZON Lusomundo Cinemas, Zon Lusomundo Audiovisuais e Zon Conteúdos, fortalecendo o espírito de equipa entre as diferentes áreas de negócio da empresa.

Se calhar é verdade. Tal como é verdade que tenho passado dias e dias sem acesso à Internet e sem telefone fixo.

Zon é, dizem os próprios, a afirmação não apenas da nova estratégia empresarial. É, antes de mais, um sinónimo de desenvolvimento e de integração de áreas de negócio, que permitem à Zon Multimédia oferecer aos seus clientes opções mais abrangentes e atractivas, satisfazendo todas as necessidades de entretenimento e de telecomunicações.

Pois é. Se calhar é verdade. Tal como é verdade que tenho passado dias e dias sem acesso à Internet e sem telefone fixo.

2 comentários:

ELCAlmeida disse...

E eu a queixar-me da TMN... Não será que eles estão a pensar na nossa saúde e oferecerem-nos - pagos e bem pagos (estive mais de uma semana sem Internet e nem por isso deixaram de me debitar cada dia que tentei aceder sem acesso) - férias...
Kdd
EA

Fada do bosque disse...

Vai daí... pensei que tinha tirado férias. Mas dá para ver a excelência de serviços ZON, realmente assim a imagem que fica é muuuito "boa"!
Se calhar é verdade que são uns grandes aldrabões! Como sempre esses monopolistas de meia tigela, fazem-se passar pelo que não são.
Ainda bem que "regressou" Orlando pois o seu blogue é um vício! :)