quarta-feira, Outubro 29, 2008

Manuel Pedro Pacavira? Nito Alves
acusava-o de ser informador da PIDE

A Associação 25 de Abril vai apresentar em Lisboa, no próximo dia 6 de Novembro, pelas 18,30, na sua sede, na Rua da Misericórdia 95, em Lisboa o livro "Angola e o Movimento Revolucionário dos Capitães de Abril em Portugal - Memórias", do escritor angolano Manuel Pedro Pacavira. Assim se continua a branquear a história pela mão dos carrascos.

«Com tanto que se tem falado, será que não sabem quem é Manuel Pedro Pacavira?», pergunta Dalila Cabrita Mateus, acrescentando que “Nito Alves, nas suas «13 Teses», acusava-o de ser informador da PIDE e colaborador na célebre «Tribuna dos Muceques», editada pela PIDE”.

Além disso, diz Dalila Cabrita Mateus, “os arquivos existentes da Torre do Tombo, a propósito deste panfleto, falam de um Manuel Pacavira”.

Depois disso, ainda segundo a autora de “Purga em Angola”, “terá tido papel destacado na orgia de sangue que se seguiu aos acontecimentos do 27 de Maio de 1977”.

“Claro que foi membro do Comité Central e do Bureau Político e é Embaixador. Era um dos vencedores, pois claro”, conclui Dalila Cabrita Mateus.

2 comentários:

Gil Gonçalves disse...

Se fosse só ele.

Anónimo disse...

nõa vejo onde está asurpresa...
em portugal quantos nãoviraramlogo acasaca depois do 25 do quatro?